Em um mundo de axolotes, fadas-sereias, cavernas, vários levels pra upar e dragões, Crônicas de Chordata fala sobre encontrar e trilhar seu próprio caminho de forma fofinha

Sinopse: Alexia é uma axolote que não sabe o que fazer da vida e viaja sem rumo pelo universo de Chordata. Em suas andanças, conhece Krogor, um sapo que deseja virar Guerreiro e ir para o Calabouço da Águia. Juntos, enfrentam monstros, sobem de nível e se aliam a outros aventureiros. Ao longo da jornada, tudo muda quando Alexia percebe o seu verdadeiro interesse.

Essa resenha é uma das leituras do FIQ BH 2018! A mesa da Débora e do Hendric ficava atrás da nossa, então não teve como não dar aquela passeada pra conhecer o trabalho deles. Vamos abrir com Crônicas de Chordata, mas aguardem que em breve ainda vem mais algumas resenhas do FIQ. 🙂

Crônicas de Chordata por dentro

Olha como é por dentro. 🙂

A HQ é super curtinha, tem só 28 páginas, tudo colorido no maior carinho e tem um clima super gostoso.

A história é simples, o ambiente aquele de RPG mesmo, com curandeiros, guerreiros, classes, níveis, e infinitas side quests que poderão virar mais histórias.

Cada uma das personagens é carismática, tem uma personalidade e consegue ser apresentada o suficiente pra se traçar um panorama, e não precisa-se de um background muito extenso, porque temos notas de rodapé excelentes. (eu amo nota de rodapé que abre mais da narrativa haha)

quadrinho com uma nota de rodapé presente na HQ

Notas de rodapé excelentes são sempre notas de rodapé excelentes. É isto.

Uma coisa que achei muito maduro de Alexia inclusive é como ela lida com a situação de Krogor (admito que fiquei com o pé atrás com ele, perdão).

A Alexia inclusive é uma boa personagem, que mesmo com a premissa de uma busca incessante por se encontrar, consegue se impor e não se deixar levar por um grupo, crescendo bastante nesse pouco espaço de tempo. É uma leitura bem tranquila, que te deixa aquele clima gostoso de “eu leria mais crônicas de Chordata pra ver até onde cada uma das personagens vai”. haha

Foi o primeiro quadrinho da Débora, e já quero mais. 🙂 (inclusive é uma história bem legal pra ler com os mais novos, tem tudo pra entreter e cativar)

 

Crônicas de Chordata
Autora: Débora Kamogawa
Editora: Independente
Páginas: 28
Link para Comprar

 

Aliás, aqui tem o projeto da HQ no Behance, com uma ilustra lindona das personagens. <3 E ali em cima tem o link pra comprar!

Obrigada, Débora, pelo papo e pela hq! Estaremos de olho nas suas próximas produções! 🙂