Quem não conhece a história da Chapeuzinho Vermelho? Qualquer criancinha de colo conhece! Mas quem é que sabe que história é essa de um dragão que morava na Lua até que uma feiticeira o convidou para uma missão na Terra… Você conhece? E se você soubesse que esse dragão, além de outros personagens, faz parte de histórias muito conhecidas, só que etsão contadas neste livro de uma maneira diferente, de um jeito que você nunca viu? Você ficaria com muita vontade de ler esse livro?

 

Sim. Ficaria com muita vontade de ler o Que História É Essa?. Tanto que o fiz faz muito tempo.

Nem lembro mais quanto tempo faz que li esse livro. Tanto que no skoob chutei 2000 por que era um número redondo e bonitinho. #semlógica

Esse livro foi lançado em 1995, e só agora, pesquisando mais coisa para fazer a resenha vi teve duas continuações. Foi pra lista dos que vão consumir meu lindo dinheirinho.
Antes de começar a resenha, um fato apenas já te diz que esse livro é magnífico. O autor. Flávio de Souza.
Daí, me perguntam, Quem é Flávio de Souza???

Simplesmente o roteirista de O Mundo da Lua, Castelo Rá-tim-bum(ele era o Tíbio, também), Rá-tim-bum(quem assistia Tv Cultura sabe a diferença, haha). Pronto. Tudo que precisa saber. Ele roteirizou minha infância. HAHA

Vamos à resenha com um clima absurdo de nostalgia exacerbada!

Primeiro que o livro tem a proposta de ser um livro de enigmas, então todos os títulos são embaralhados e todos os protagonistas são coadjuvantes de contos de fada. Ele é composto de vários contos, com títulos embaralhados e no fim de cada conto tem uma explicação de onde veio a história original e as diferenças daquelas que o Walt Disney contou e que às vezes se tornam as originais na nossa mente.

A proposta do livro foi super inovadora, e remete à origem dos contos de fada, histórias que eram contadas de boca em boca, serviam para dar lições de moral, e sofriam mudanças como num enorme telefone sem fio. Então o certo é você ter plena liberdade de contar a história do seu jeito.

“Este é um livro de novas histórias com personagens de contos antigos e famosos, mas não os personagens principais! Os heróis destas histórias são aqueles que a gente nem lembra que existem nos contos famosos. Ninguém sabe muito sobre eles. E esses personagens, na maioria das vezes, participam só de um pedaço daqueles contos antigos. E eles nem sabem que estão fazendo parte de uma coisa tão importante e conhecida.
Então esse livro é também uma homenagem a estes personagens desconhecidos daqueles contos antigos e famosos. Neste livro eles são os personagens principais. E este livro é, ao mesmo tempo, um livro de adivinhações. Quem ler as histórias está desafiado a descobrir de qual dos contos antigos cada um dos personagens faz parte.(…)
Página 5

 

Cada conto é bem curtinho e consegue cativar em poucas linhas, como no trecho da semana, dá pra ver que a linguagem é bem simples e simpática, com aquele senso de humor que te relaxa e faz viajar nas “viagens” do autor. As ilustrações são do Pepe Casals e a minha preferida é a capa interna, com uma garotinha lendo um livro enorme de ponta cabeça. O resumo pleno de toda a intenção desse livro.

No final do livro tem um questionário super viajado sobre quem é Zé Losavo Fidua, autor do livro Sassai Réqui ó Tehe, e ilustrado, opa, com liraçausto de Lasa Cepeps.
Sim. Todos os títulos tem anagramas super legais.

Resumindo, um livro que marcou minha infância e que me faz relê-lo com vontade a cada vez que o vejo no fundo da estante. Vale muito a pena ler, não importa a idade.

 

Que História É Essa? (1995, e não que importe algo, mas a minha edição é a de 1998 #infantilfeelings)
Editora:
 Companhia das Letrinhas
Autores: Flávio de Souza e Pepe Casals(ilustrações)
Páginas:56

 

 

Ps.: Pessoas, estou viajando… então não vai ter post do Diários nesse sábado, ok? Mas no sábado que vem estaremos de volta com mais desventuras randômicas de minha pessoa.