Vineland – Rapidinhas #35

Vineland – Rapidinhas #35

Ela aspirou sua aura de tabaco, e teve de suportar aquela gargalhada jovial e velhaca de perdedor nato. Então ele tinha virado isso – alguém que, a julgar pela sua falta de surpresa ou qualquer piedade reflexa, ela, num nível próprio e mais modesto, devia ter virado também.

(mais…)

O Último Grito – Rapidinhas #33

O Último Grito – Rapidinhas #33

“Eles se dão bem, porque todos nós estamos solitários, carentes, desrespeitados, doidos pra comprar qualquer porcaria que faça a gente acreditar que a gente faz parte de alguma coisa maior… Nós somos peças de um jogo, Maxi, e o jogo é de cartas marcadas, e ele só vai terminar quando a internet — a verdadeira, o sonho, a promessa — for destruída.”

(mais…)