Esse ano também teve Inktober! Dessa vez tivemos uma procrastinadora profissional que precisava arrumar seu armário e encontrou uma câmera e alguns filmes instantâneos.

Para quem não acompanhou no famigerado Instagram, teve inktober e teve muito inktober! haha

É o segundo ano consecutivo que conseguimos seguir um tema até o final, no ano passado tivemos nossa querida afanadora de carteiras sociológica, que fazia suas análises a cada carteira roubada. E esse ano, depois de algumas travadas mentais de “mas qual tipo de história vou conseguir fazer dessa vez?”, veio a luz das fotos tipo polaroid.

Não vamos trazer os 31 posts pra cá pra não encher o post loucamente, mas esse ano fizemos o mesmo esquema, a cada dia (e seguindo a lista de temas do oficial) um desenho mais o miniconto.

Vou contar que dessa vez a lista oficial não me motivou muito, e a tentação de procrastinar enquanto escrevia sobre uma moça que procrastinava foi gigantesca. HAHA A thread das fotos no twitter mostra alguns desses momentos, devo admitir.

Mas o que importa em todo inktober é se divertir, ter aquela motivação extra nem que seja só pra terminar e fazer no seu ritmo. Eu só consegui terminar mesmo no dia 3 de novembro, numa corridona motivada pelo “AHHHHH, quero poder desenhar alguma outra coisa e essa moça precisa simplesmente terminar de arrumar esse armário, meu pai amado, que sofrência”.

Como sempre o mais legal é ver como seu traço vai soltando e as ideias meio que vão fluindo conforme vira o hábito e sua mente fica um pouco mais fresca e treinada. A prática vai te deixando mais à vontade pra resolver os problemas e tentar explorar outros cantinhos.

Você quase se convence de que vai continuar desenhando todos os dias, mas como sempre a vida vai e testa suas motivações haha

Aliás, já estamos em novembro, então muita gente já começou a participar e fazer seus diários de nanowrimo! Desejamos toda a motivação e pique e que muitos projetos xuxus tenham seus começos!

Não é um formato que tenha funcionado pra mim das últimas vezes que tentei, um dia sepá tento de novo, mas por enquanto já fico feliz torcendo e acompanhando o pessoal. 🙂

Ainda nesses assuntos de updates aqui no blog, lembramos da newsletter mais ou menos mensal aqui do Castelo, de que sempre estamos presentes no Twitter e Insta, e que:

Saiu o e-book do Serial Zine!!!

Agora dá pra ler digitalmente os contos terroríficos 🙂 E super baratinho.

E a edição física belezinha está na loja da Elo7 também.